Um dos melhores lugares para os praticantes de ski e snowboard. Da Costa Leste à Costa Oeste são vários os destinos para a prática do esporte (Aspen, Snowmass, Vail, Heavenly, Park City, Mammoth Lakes e muitos outros). Os Estados Unidos possuem muitos resorts com ótimas infraestruturas e cenários de tirar o fôlego.

estadosunidos

Estações de Ski:

Aspen
Todo mundo sabe: em matéria de luxo e sofisticação, não há nada parecido em todo o continente americano como o complexo de ski Aspen/Snowmass. São quatro montanhas para quem quer praticar ski ou snowboard: Aspen Mountain, Snowmass, Aspen Highlands e Buttermilk. Todas elas com pistas de ski bem sinalizadas e cobertas por neve de alta qualidade.
 A estação de ski de Aspen preserva como ninguém o charme vitoriano e a atmosfera de velho-oeste em ruas que reúnem as maiores grifes internacionais, cafés aconchegantes e descoladas galerias de arte. 
Mas é mesmo no après-ski que Aspen conquistou sua fama. São muitas as opções de restaurantes, bares pubs e casas noturnas, com alternativas das mais descoladas até as super sofisticadas.

Snowmass
O Ski Resort Snowmass possui uma variedade de acomodações, entre condomínios e resorts de luxo, com mais de 12 km² de pistas para a prática de ski e snowboard, declives, snowparks e half-pipes. O pico desta enorme montanha está a 3.813 m e conta com o mais longo ski lift vertical nos Estados Unidos. Ideal para esquiar em família.

Vail
O Ski Resort Vail é localizado no coração das Montanhas Rochosas e tem a maior área esquiável dos Estados Unidos. São tantas as pistas de ski, que qualquer tipo de praticante de ski ou snowboard vai encontrar a sua preferida – dos iniciantes aos mais radicais. Além disso, o ski resort Vail concentra o maior número de ski lifts de alta velocidade dos Estados Unidos. Mas há muito, o ski resort Vail deixou de ser apenas uma excelente estação de ski. Mais que isso, esta é uma cidadezinha em que todos querem estar. Um lugar para ver e ser visto. Celebridades do mundo todo frequentam seus restaurantes, baladas e lojinhas, assim que a noite cai. E as crianças amam a estação de ski, já que as áreas de entretenimento na neve para os pequenos não param de crescer.

Beaver Creek
O Ski Resort Beaver Creek é para quem procura uma estação de ski sofisticada e charmosa nos Estados Unidos. Em estilo alpino, Beaver Creek possui a maior parte de suas acomodações em alto luxo; o après-ski é bastante movimentado com excelentes opções de gastronomia, ski shops, bares e clubs, além de galerias de arte e boutiques. O Ski Resort Beaver Creek tem pistas perfeitas para esquiadores e praticantes de snowboard com muita experiência. No entanto, a ótima infraestrutura desta estação de ski garante diversão na neve para toda a família. Mas é mesmo nos detalhes que o ski resort Beaver Creek se destaca: cookies de chocolate servidos para os esquiadores, a possibilidade de enviar um cartão postal digital gratuitamente e a esteira rolante que leva os praticantes de ski da vila até a base da montanha.

Breckenridge
O Ski Resort Breckenridge é um dos maiores distritos históricos do Colorado, tendo sido fundada na época da mineração. Por isso, o cenário de Breckenridge, em especial da rua principal, conta com mais de cem casas em estilo vitoriano completamente restauradas.
Para praticar ski e snowboard, Breckenridge leva a fama de ter a montanha perfeita; na verdade, quatro picos que fazem parte das Montanhas Rochosas, todos eles interligados por ski lifts. E as pistas de ski contam com curvas de tirar o fôlego em meio a belos bosques. Oferece ainda muitas opções de entretenimento, lojas e restaurantes de diversos tipos de culinária. Além disso, a cada temporada são organizados eventos e festivais especiais para encantar ainda mais o visitante.

Keystone
Imagine uma cidade que foi toda planejada em torno da prática de esportes de inverno. Assim é Keystone, no Colorado. A estação de ski proporciona diversão para toda a família. Para quem quer viver grandes aventuras esquiando em despenhadeiros, o destino deve ser a North Peak ou as magníficas curvas e descidas do The Outback®. Já para os praticantes de snowboard, a rampa em V e as pistas em meio aos bosques são as grandes atrações. Também é possível praticar o ski cross-country, snowshoeing, passear de trenó, patinar numa das maiores pistas dos Estados Unidos e até relaxar no spa de qualidade internacional. Mesmo à noite, o ski resort Keystone não para: são 17 pistas de ski iluminadas e serviço de subida às montanhas, funcionando até às 20h na maior área de ski noturno dos Estados Unidos.

Heavenly
Com uma paisagem de tirar o fôlego e vista privilegiada de Lake Tahoe, o ski resort Heavenly tem neve de alta qualidade em algumas das mais desafiadoras pistas de ski da América do Norte, especialmente para quem é fã de tree skiing ou tubing hill. Além disso, oferece diversão para todos os tipos de esquiadores – de iniciantes a experts. Mas é quando a noite cai que o ski resort Heavenly mostra por que é um destino único. São muitas as opções de cassinos, night clubs, restaurantes estrelados, shows…. E para completar, todo o ano Heavenly recebe investimentos em infraestrutura para tornar o ski resort cada vez melhor.

Northstar
Um paraíso para quem ama os esportes de inverno, o ski resort Northstar oferece 95 pistas de ski e snowboard espalhadas por mais de 1200 hectares. Os parques e a qualidade da neve são reconhecidos por revistas especializadas em ski e as possibilidades de atividades incluem alpine, telemark e cross-country ski, snowboard, snowshoe e tube. O ski resort Northstar está a apenas 9 km de Lake Tahoe e conta com completa infraestrutura de serviços, lojas, restaurantes, centro de conferência e pista de patinação no gelo, na vila localizada na base da montanha.  Northstar at Tahoe, além de uma estação de ski, é também um resort de verão que oferece diversão para toda a família, com atividades como mountain bike, golf, hiking, cavalgada, pesca e outras.

Telluride
No trecho mais elevado das Montanhas Rochosas, com picos que ultrapassam os 4000 m de altura, fica o cenário espetacular de Telluride. Para muitos, a mais bela estação de ski da América do Norte.
A cidade de Telluride é muito charmosa, com prédios históricos conservados, lojas e encantadores restaurantes misturados a hotéis luxuosos com spas de qualidade. Telluride ainda oferece pistas de ski perfeitas e neve abundante de alta qualidade, com dias de muito sol. Outro diferencial do ski resort Telluride é a gôndola gratuita que, por suas características e localização, tornam a cidade totalmente ski-in/ski-out e praticamente sem filas!

Squaw Valley
O ski resort Squaw Valley, localizado na margem norte de Lake Tahoe, é uma das mais tradicionais estações de ski dos Estados Unidos, já que foi sede das Olimpíadas de Inverno de 1960. Recentemente, Squaw Valley se uniu a Alpine Meadows, outro tradicional centro de ski, e criou uma área esquiável de cerca de 2.500 hectares, com diferentes terrenos e inclinações. O viajante encontra uma pequena e aconchegante vila com diversas opções de restaurantes, lojas, adegas e galerias de arte. Além disso, a infraestrutura de serviços tanto na base quanto na montanha foi aperfeiçoada para oferecer ainda mais conforto aos visitantes.

Park City
Sede das Olimpíadas de Inverno de 2002, Park City é hoje um dos melhores resorts de ski dos Estados Unidos, oferecendo, além de pistas perfeitas para ski e snowboard, também infraestrutura para a prática de outros esportes de neve como o bobsled. Mas não é só. O ski resort Park City conquista os viajantes pelo seu charme de vilarejo construído na época da mineração da prata. Na rua principal, as fachadas históricas convivem em harmonia com uma grande variedade de restaurantes e lojas. É em Park City, também, que acontece, a cada temporada, o Sundance Film Festival, festival de cinema independente. Park City conta ainda com outros dois resorts: Deer Valley e The Canyons, a cerca de oito quilômetros cada um. E o melhor é que o visitante pode optar por um passe de ski lift que dá direito a utilizar as pistas das três estações de ski.

Deer Valley
Deer Valley é a mais exclusiva das estações de ski que fazem parte do complexo Park City. O ski resort, que não permite a prática de snowboard, foi indicado pelos leitores da Ski Magazine como a melhor estação dos Estados Unidos, por quatro vezes consecutivas. O ski resot Deer Valley fica a cerca de oito quilômetros da Main Street, em Park City, que conquista os viajantes pelo seu charme de vilarejo construído na época da mineração da prata, repleto de lojas e restaurantes. O visitante de Deer Valley pode optar por um passe de ski lift que dá direito a utilizar também as pistas das outras duas estações de ski: Park City Mountain e The Canyons.

The Cannyons
The Canyons é uma das estações de ski do complexo Park City. Suas pistas contam com neve em abundância e terrenos diversificados que garantem aventura para toda a família. As acomodações confortáveis e luxuosas garantem fácil acesso à montanha e ao Resort Village de The Canyons, onde se concentram os restaurantes e lojas do ski resort. Mas, além disso, o visitante de The Canyons está a cerca de cinco minutos da Main Street, em Park City, que conquista os viajantes pelo seu charme de vilarejo construído na época da mineração da prata, repleto de lojas e restaurantes. O visitante de The Canyons pode optar por um passe de ski lift que dá direito a utilizar também as pistas das outras duas estações de ski: Park City Mountain e Deer Valley.

Steamboat
Os esquiadores mais avançados conhecem bem o termo Champagne Powder. Ele é usado para definir a qualidade da neve da estação de ski de Steamboat, mais fina e sequinha. São 1176 hectares de área esquiável, com 165 pistas, para prática de ski e snowboard. Entre elas, percursos com bumps, pradarias abertas, ski entre árvores, circuitos bem cuidados com curvas bastante abertas e 3 parques, de iniciante a especialista. Steamboat é conhecida, simplesmente, como a Cidade do Ski. E não é para menos! Esse é o ski resort, de categoria mundial, que teve maior participação em número de Olimpíadas do que qualquer outro nos Estados Unidos.  Além disso, há mais de 100 bares e restaurantes locais, o aluguel de equipamentos para crianças é grátis e a escola de ski e snowboard é reconhecida mundialmente.

Jackson Hole
No ski resort Jackson Hole, o espírito é de Velho Oeste: música country, fachadas de madeira, natureza intocada, paisagens alucinantes. Mas para quem sabe esquiar, Jackson Hole é muito mais que isso: uma mistura excepcional de terrenos verticais e intermediários para aperfeiçoar qualquer tipo de manobra de ski ou snowboard. A estação de ski Jackson Hole, que também tem ótima infraestrutura para crianças e iniciantes, fica dentro do Parque Nacional Grand Teton, no estado de Wyoming. Para o après-ski, oferece passeios em trenós puxados por cachorros, snowmobile e uma coleção de bares ao melhor estilo saloon dos tempos da conquista do ouro. Outros extras que valem a pena: excursões em cross-country, tour ao Parque Yosemite e National Elk Refuge, com seus grandes paredões e a possibilidade de avistamento de alces e búfalos.

Stowe
Belíssima arquitetura combinada ao magnífico cenário da Mansfield Mountain. Assim é o ski resort Stowe, no estado de Vermont. Desde o século 19, o pequeno vilarejo de Stowe já encantava os visitantes por sua tranquilidade, pelo ar puro e pelas águas minerais com poder curativo. Hoje, Stowe continua pequena, mas adotou um ar cosmopolita com pistas de ski de alta qualidade, gôndolas com aquecimento interno, restaurantes de nível internacional e inúmeras opções de lazer.

Mammoth Lakes
Mammoth Mountain é, inquestionavelmente, uma das melhores montanhas para esqui alpino no mundo. Uma média de mais de 9 m de neve cai anualmente nos 3.369 m da montanha, formando 3.500 acres esquiáveis para agradar a todos. Escolha entre os grandes bumps ou os enormes bowls se você for expert; para os iniciantes, quilômetros de pistas demarcadas e pisadas garantem a diversão de todos.

Killington
O inverno é a estação mais esperada do ano em Vermont, pois é dele que a maior parte do comércio e do turismo local sobrevive. Há cidades que giram em torno dos Ski Resorts. Killington é uma delas e está localizada ao centro-sul do estado, com uma população estimada em 800 habitantes. Quando dezembro se aproxima, a população chega a triplicar. Turistas a procura de neve e descanso se hospedam nos hotéis, casas e mansões ao redor da estação de esqui. Diferente de Aspen (no estado de Colorado), que é destino de turistas do mundo inteiro, Killington recebe em sua maioria americanos vindo dos estados de Nova Iorque e Massachusetts, e canadenses de Montreal. Esquiar em Killington é se sentir parte da cultura americana.

A estação dispõe de 5 lodges principais, onde os esquiadores podem relaxar entre as descidas, almoçar ou tomar um típico chocolate quente com marshmallows. Cada lodge pertence à umas das 5 principais montanhas que fazem parte do complexo Killington Resort, e cada uma tem seu grau de dificuldade. Diferente da maioria das estações de esqui pelo mundo, Killington possui apenas 3 níveis que categorizam suas pistas, representados pelas cores verde (iniciantes), azul (intermediários) e preta (avançados). As pistas em geral são estreitas e com árvores que as cercam. Os que possuem mais experiência no esporte costumam se aventurar pelos arbustos ao lado das pistas, mas placas de aviso já advertem para o risco da prática.

Para dar suporte aos menos entendidos no assunto, o Killington Resort dispõe de aproximadamente 100 ajudantes (esquiadores profissionais) espalhados pelas pistas, atentos a qualquer sinal de alguém machucado ou perdido. Aulas para iniciantes são oferecidas também a qualquer hora do dia pelo preço de 90 dólares. Porém, não se assuste se o seu professor for um senhor de mais de 70 anos. Esses costumam ser os mais experientes em esquiar e ensinar o esporte. Não se impressione também se, durante seu primeiro contato com os esquis ou com a prancha de snowboard, crianças de 4 ou 5 anos passarem do seu lado sozinhas e em alta velocidade.