Berço do turismo de Inverno. A Suíça com seus famosos Alpes é, para a maioria dos esquiadores (profissionais ou amadores), um destino tradicional. Suas principais estações são St. Moritz e Zermatt.

Estações de Ski:

St. Moritz
Berço dos esportes de neve, St. Moritz é uma das mais famosas estações de esqui da Suíça. Seus 350 km de pistas de ski e snowboard, infraestrutura de última geração, sol durante quase todo ano e grande quantidade de neve garantida, atraem esquiadores e entusiastas do mundo inteiro. A enorme diversidade de atividades como esqui alpino, snowboard, esqui cross country e mais de 150 eventos de inverno, agitam essa charmosa e cosmopolita cidade europeia. Além de tudo, St. Moritz oferece lojas de grife, galerias de arte, excelentes restaurantes e bares e hotéis excepcionais que fazem desse lugar, sinônimo de qualidade e tradição.

davos klosters

Davos Klosters
Este charmoso ski-resort, considerado como a metrópole do ski e snowboard, oferece condições de ski para todos, do iniciante ao expert. Em altitudes entre 1.124 m e 2.844 m, seus visitantes podem usufruir de 58 ski lifts, 320 km de slopes, 75 km de pistas de cross-country, 2 pistas artificiais de patinação no gelo e ainda, o maior ringue natural de patinação da Europa. As 7 áreas de ski de Davos Klosters – Parsenn, Gotschna, Jakobshorn, Pischa, Madrisa, Rinerhorn e Schatzalp/Strela – formam uma enorme arena de esportes invernais. Enquanto os esquiadores preferem a área de Parsenn, os snowboarders não vão querer sair de Jakobshorn, com seus half-pipe e monster pipe. Nos momentos mais tranquilos, experimente andar nos trenós puxados por cavalos nos vales nevados ou calce os snow shoes e explore os 111 km de belíssimas trilhas entre as montanhas de Davos. Imperdível!

Zermatt
Esta antiga vila suíça está localizada no vale, aos pés do Mont Cervin, cercada por espetaculares montanhas, com todo o charme de um típico vilarejo suíço, onde o tráfego de carros é proibido e o transporte é feito por cavalos (charretes e carroças) e carros elétricos. As áreas de ski, muitas delas abertas durante todo o ano, se entrelaçam e é possível esquiar dias sem passar duas vezes pela mesma pista. Zermatt possui cursos de ski, heliskiing, além de um “après-ski” muito animado.

Verbier
Este ski resort incorpora o amor pelo ski com a arte de viver. Os dias são para serem dedicados ao ski e ao snowboard em quatro diferentes vales, que oferecem 250 milhas de pistas para todos os níveis de esquiadores, entre elas a Tortin, uma das mais íngremes de toda a Europa.  E quando a noite chega, vive-se o verdadeiro estilo Alpino de Verbier com seus bonitos e confortáveis chalés com lareiras, com sua excelente culinária e com seus bares com muita música e animação.

Crans Montana
Crans Montana está localizado em um planalto na parte sul dos Alpes Suíços. São duas estações de ski, as quais, juntas, formam o maior resort da Suíça e oferecem a maior porcentagem de dias com sol. Em 1993, Crans Montana celebrou seu centenário com muitas exposições e festividades. Para os esquiadores, este é um lugar que agrada desde os principiantes até os mais entendidos no assunto. Crans Montana, que foi sede do Campeonato Mundial de Ski em 1987, fica próximo à cidade de Sion, a 150 km de Geneve e, além de ser excelente para o ski, também é ideal para a prática do golfe e de outros esportes de inverno.